Monografia ou TCC

O que é e saiba como fazer uma monografia ou um TCC.

Normas de formatação da Monografia ou TCC

Veja também: Sugestões de Temas

Veja também: Como começar a Investigação Científica?

Veja também: Procedimentos Iniciais para a elaboração do trabalho acadêmico.

Veja também: Como elaborar seu próprio trabalho acadêmico: (monografias, dissertação, teses, tcc´s, etc.)

Veja também: Como formatar seu próprio trabalho acadêmico: (monografias, dissertação, teses, tcc´s, etc.)

Baixar: modelo de monografia

 

Transformar o não linear em linear Eis a questão ?!

A primeira e grande dificuldade para elaboração de uma monografia reside em saber a melhor maneira de transformar o pensamento (que não é linear) em texto (linear). O processo de verbalização pelo qual um conhecimento não verbal é transformado em linguagem, é um processo criativo que exige do emissor saber o que dizer (conteúdo) e como dizer (expressão).

 Entretanto, para produzir a monografia, antes da redação do texto propriamente dito, quando associamos o que dizer e como dizer, é necessário todo um árduo percurso, isto é, o processo investigação científica. De forma sintética podemos considerar que a produção de um texto científico é constituído de dois processos complementares: investigação científica e produção textual.

 

Os 4 passos da Investigação Científica:

1. Planejamento, é a elaboração mental do trabalho seguido de levantamento de hipóteses. Essa primeira etapa está estreitamente ligada à consulta bibliográfica, levando em consideração o conhecimento prévio do pesquisador e o problema por ele levantado.

2. Coleta de Dados é a obtenção do material a ser analisado.

3. Organização dos dados é a fase de ordenamento do material da pesquisa. Na maioria da vezes depende de uma nova consulta bibliográfica.

4. Confecção de tabelas, gráficos podem ser utilizados ou não pelo pesquisador.

 

Produção Textual

 As seis redações:

redação dos resultados

redação do material e dos métodos

redação da discussão

redação da conclusão

redação da introdução

redação da sinopse

 

As duas exigências básicas:

Objetividade – emprego da linguagem denotava, isto é, cada palavra deve apresentar seu significado próprio, constante no dicionário e não dar margem a outras interpretações.

Impessoalidade – o emprego do pronome pessoal não é recomendável.

Deve-se utilizar verbos que tendem à impessoalidade.

Cuidado: Não seja pedante!

É desaconselhável o plural da modéstia, isto é, o uso do pronome "nós" querendo significar "eu".

É preciso saber usar com propriedade: Citações e as notas de rodapé.

Citação é a menção no texto de uma informação colhida de outra fonte.

Pode ser uma simples transcrição ou paráfrase, direta ou indireta, extraída de fonte escrita ou oral.

 

Finalidade da Citação

Prestar informações - Confirmar opinião apresentada, isto é, utilizar o argumento da autoridade para comprovar ou confirmar determinada tese ou opinião. Contrariar uma afirmação, ou seja, a crítica propriamente dita .

 

Quanto a seus aspectos externos as citações podem ser:

Formais – Transcrevem-se fielmente as palavras textuais de outrem (ipsis litteris).

Conceptuais – reproduzem -se as idéias de outrem com sínteses pessoais (paráfrase) Mistas - Insere-se na síntese de algum texto, termos ou expressões tiradas de documentos.

Quanto ao documento consultado Diretas – Citações de primeira mão. Transcrevem-se fielmente idéias do autor lido. Indiretas - Citações de segunda mão. Transcrevem-se as idéias coletadas em documentos que as registram, porém , citadas por outros autores. Quando a citação for indireta, utiliza-se a expressão latina apud, que significa "em", "citado", "por".

Recomenda-se o uso da citação direta. A citação indireta é correta, porém, sempre que possível deve ser evitada. A citação indireta deve ser utilizada quando a obra for rara ou não estiver traduzida para o português ( o autor não domina a língua original que a obra foi editada) ou estiver esgotada. Quando houver intervenção do autor da monografia, na citação, ela deve figurar entre colchetes. [...................................]

 

Curiosidades acadêmicas

Se a citação curta inicia o período, as aspas fecham depois do ponto final.

Se a citação curta não inicia o período, as aspas fecham depois do ponto final.

 

Notas de Rodapé

As notas de rodapé são referências que aparecem ao final das páginas, indicando a fonte consultada.

As notas explicativas (rodapé), são explicações que não são incluídas no texto para evitar prejuízos à argumentação.

 

Finalidade

Referir o autor, a obra e o lugar das citações feitas no texto. Fazer certas considerações suplementares ou marginais que não caberiam no texto sem quebrar a seqüência lógica. Remeter o leitor a outras partes do trabalho, a outros trabalhos ou às fontes